Compesa divulga balanço sobre testes da Adutora do Agreste no trecho entre Pesqueira e Belo Jardim

Técnicos da Compesa estão, desde o início da manhã desta terça-feira, 11, trabalhando no reparo da Adutora do Agreste, em Mimoso, para consertar um desacoplamento da tubulação, que acabou provocando um
vazamento. Em função desse serviço, o sistema teve que ser paralisado. A previsão é que os testes sejam retomados a partir das 18h de hoje para levar água do Rio São Francisco para Pesqueira.

Ao mesmo tempo, a Compesa está finalizando o reparo em outro vazamento identificado entre Sanharó e Belo Jardim para que o enchimento da Adutora sentido Belo Jardim possa ser retomado. Ainda de acordo com a Compesa, as constantes interrupções no fornecimento de energia prejudicaram a pré-operação do sistema durante o último fim de semana. A Companhia notificou a Celpe e espera uma regularidade na prestação do serviço. 

A água do Rio São Francisco vai abastecer dez municípios do Agreste a partir da interligação da Adutora do Moxotó, construída pela Compesa, com a Adutora do Agreste. O investimento do Governo do Estado na obra foi de 85 milhões. A obra foi concebida pela Compesa para dar utilidade à tubulação já implantada da Adutora do Agreste e levar água do Velho Chico para socorrer 400 mil pessoas da falta d’água nos períodos de estiagem, como este agora, quando os mananciais locais entram em colapso.


Nenhum comentário: