POLICIAIS DA 1ª DELEGACIA DE CARUARU APREENDERAM AVES SILVESTRES

Na manhã desta quinta-feira (20), policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Caruaru, chefiada pelo Delegado Alberes Costa, investigando disque-denúncias recebidos, conduziram em flagrante delito Joseildo Miguel da Silva, de 40 anos e Dellveccio Masttroyane de Lima Pinheiro, de 41 anos ambos pela prática de Crime Ambiental.

Na residência de Joseildo, no bairro Kennedy foram encontradas 17 aves em cativeiro e pólvora para caça. Já na Oficina de Dellvechio, no bairro Caiucá havia 11 aves engaioladas. Sendo seis salta-caminhos, dois azulões, quatro patativas-pardo, três pintassilgos, dois tizius, um galo-campina, um concriz, dois papa-capins, um estevo de campina e um mané mago.

De acordo com o Delegado Alberes, os conduzidos responderão por Crime Ambiental e pagarão multa a ser imposta pela CPRH, órgão a quem as aves serão entregues para reabilitação, livres, em seu habitat natural. Ainda sobre o fato, o Gestor Ambiental, Márcio Rangel, Chefe do Setor de Planejamento/Recursos da Fauna/CPRH, explicou que, nesses casos é aplicada a Lei n°14.249/10, cuja multa varia de 50 reais a 50 milhões de reais, detalhando que animal comum é 500 reais por ave e ameaçado de extinção, como o Pintassilgo apreendido, a multa é de 5 mil reais, por ave.

Nenhum comentário: