Comissão deve votar reforma da Previdência nesta quinta; assista ao vivo

Parlamentares da oposição anunciaram obstrução dos trabalhos, usando de artifícios regimentais na tentativa de atrasar a tramitação da matéria

Após trabalho de obstrução pela oposição e acordo frustrado com policiais, a comissão especial da Câmara que analisa a reforma da Previdência encerrou a sessão iniciada nesta quarta-feira (3) sem votar o relatório sobre a proposta. A expectativa é que a votação seja feita em nova reunião nesta quinta-feira (4).

Ao longo de todo o dia, negociações foram conduzidas pelo relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A sessão foi marcada inicialmente para o início da tarde, mas só começou perto das 20h após alterações no relatório e diversas reuniões entre os parlamentares.

Leia também:
Governo não teme adiamento da reforma da Previdência, diz porta-voz
Bolsonaro: União entre Executivo e Legislativo é chave para sucesso


Ainda assim, membros da oposição e parte dos deputados do centrão não concordaram em fechar acordo para viabilizar a votação. Na sessão, foi feita apenas a leitura formal da terceira versão do parecer, elaborada por Moreira.



FOLHA-PE

Nenhum comentário: