Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Redação (81) 99931-1224

Redação (81) 99931-1224

Corpo de veterinária assassinada durante assalto é velado.

31/07/2019

/ Por Caruaru 24 horas
Sepultamento de Nathalia Magalhães foi marcado para as 14h no Cemitério Parque das Flores, onde está ocorrendo o velório

Na manhã desta quarta-feira (31), familiares e amigos se despedem da veterinária e fonoaudióloga Nathalia Regina de Andrade Magalhães, morta durante um provável latrocínio na manhã da terça-feira (30). O velório acontece no Cemitério Parque das Flores, no bairro de Tejipió, no Recife. O sepultamento está marcado para as 14h.

Nathalia, de 34 anos, foi assassinada depois de ser abordada por dois homens em uma estrada de terra no Engenho Monjope, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife A veterinária, acompanhada de um colega, seguia em um Renault Duster até uma granja na região para a qual prestava consultoria sanitária. De acordo com informações preliminares, ela teria se recusado a parar o carro e foi baleada. A pessoa que a acompanhava conseguiu sair do veículo e se esconder numa área de mata.

investigações sobre o crime, a Polícia Civil de Pernambuco informou que ninguém relacionado ao caso foi preso e que as diligências seguem, mas detalhes não serão divulgadas para não atrapalhar o andamento das apurações. Pouco depois da morte da veterinária, um homem que teria envolvimento em outros crimes praticados pelos suspeitos de matar Nathalia teria sido preso pela Polícia Militar, mas a informação não foi confirmada. O delegado Magnno Feitosa está à frente do caso.

No início da tarde da terça-feira, um veículo provavelmente usado pelos bandidos na abordagem foi encontrado às margens da BR-101, em Goiana, depois de sofrer um capotamento. Os dois homens que teriam participado do latrocínio e um terceiro comparsa, a quem eles davam carona, conseguiram fugir do local. No veículo, form encontrados pertences da veterinária.

Nathalia planejava se casar em breve

Nathalia morava com o companheiro e com os pais em uma casa na Terceira Etapa de Rio Doce, Olinda, Região Metropolitana do Recife. Recém-formada em medicina veterinária e apaixonada por animais, de acordo com a família, ela planejava se casar no civil em breve e planejava ter filhos. Ela trabalhava na Granja Jumbo, em Goiana, na Região Metropolitana do Recife, e era responsável pelo controle sanitário das unidades de criação de aves da empresa.

Além de veterinária, ela também era fonoaudióloga. Antes mesmo de frequentar a faculdade de veterinária, Nathalia já era sócia do companheiro em um canil em uma área anexa à casa da família. Estarrecidos com o crime, vizinhos e amigos destacaram a dedicação que Nathália tinha à família e aos animais das quais era tutora.

Fonte: OP9.

Nenhum comentário

Últimas Notícias
© Todos os Direitos Reservados