Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Acusado de desviar R$ 93 mi, Lula Cabral é autorizado pelo STF a voltar à Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

11/10/2019

/ Por Caruaru 24 horas
Acusado de desviar R$ 93 mi, Lula Cabral é autorizado a voltar à Prefeitura do Cabo
Liminar que suspendeu o afastamento foi concedida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli

Acusado de desviar cerca de R$ 93 milhões do Instituto de Previdência Social do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, o prefeito Lula Cabral (PSB) foi autorizado a voltar para o cargo. A liminar que suspendeu o afastamento foi concedida nesta sexta-feira (11) pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Na decisão, o ministro determinou que o afastamento está suspenso até que se julgue em definitivo a questão, conforme solicitou a defesa do socialista em pedido de habeas corpus. Lula Cabral, estava afastado da função desde outubro do ano passado, quando foi preso pela Polícia Federal.  Ele conseguiu a liberdade em janeiro deste ano, por decisão também de Toffoli.

De acordo com as investigações da Polícia Federal, o esquema que envolve Lula Cabral transferiu R$ 93 milhões da previdência municipal, cerca de metade dos recursos de que dispunha a entidade, para fundos com ativos sem o devido lastro e com grande probabilidade de grandes perdas financeiras futuras.

De acordo com os delegados federais responsáveis pela operação à época, essa alteração na carteira de investimentos foi feita a mando do prefeito da cidade em troca do recebimento de propina paga em dinheiro vivo.

Por: Rebeca Silva, portal OP9.

Nenhum comentário

Últimas Notícias
© Todos os Direitos Reservados