Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Jovens da Funase participam de entrega de creche requalificada com ajuda deles

03/10/2019

/ Por Caruaru 24 horas
Socioeducandos desenvolveram etapa prática dos cursos de Pedreiro e Pintor nas instalações do Lar da Criança Nossa Senhora do Carmo, em Caruaru, melhorando espaço que atende 60 meninos e meninas

Depois de um mês de trabalho em equipe, o sentimento de dever cumprido. Foi assim que adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) participaram da entrega da obra de requalificação do Lar da Criança Nossa Senhora do Carmo, em Caruaru, no Agreste do Estado, na noite da quarta-feira (2). O serviço foi realizado com a ajuda dos socioeducandos como etapa prática de cursos profissionalizantes nos quais eles estavam inseridos. A ação possibilitou levar mais dignidade para 60 crianças atendidas pela creche, que passaram a contar com um espaço totalmente novo.


O projeto, batizado de Entrelaça, foi promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) com o apoio de 16 escritórios de arquitetura. A participação dos socioeducandos ocorreu por meio de um outro projeto, o Reconstrução de Olhares, que reúne a Funase e o Campus Caruaru do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). A iniciativa ofertou os cursos de Pintor de Obras e Pedreiro de Alvenaria para seis adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru e para dois do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru. A etapa prática foi realizada nas instalações do Lar da Criança, com acompanhamento de um agente socioeducativo que atuou como instrutor.

"A gente colocou janelas onde não tinha, pintou cadeiras, ajudou na limpeza e a construir uma caixa de areia pra que as crianças possam brincar", detalhou o socioeducando L.C.M., de 20 anos, apontando os locais da obra em que o grupo trabalhou. "O melhor de tudo é ver essas crianças se sentindo bem. Eu sinto que pude ajudar em alguma coisa na vida delas", complementou o jovem G.F.A., de 18 anos, enquanto observava meninos e meninas atendidos na creche utilizarem os brinquedos novos.

Ao todo, segundo a Acic, 19 espaços foram requalificados, como a biblioteca, o refeitório, salas de aula, banheiros e instalações administrativas. A entrada também ganhou uma nova roupagem, colorida e decorada. "Nessa iniciativa, vimos acontecer a responsabilidade social. Esses jovens, que talvez já tenham visto muitos projetos frustrados na vida, puderam construir algo e ver isso entregue, funcionando e trazendo alegria. Eles estão aqui como cidadãos que constroem com responsabilidade", avaliou o coordenador geral do Case Caruaru, Márcio Oliveira.

Para a coordenadora geral da Casem Caruaru, Anabel Brandão, o sucesso do projeto mostra como a parceria da Funase com outras instituições tem possibilitado que os adolescentes atendidos atravessem fronteiras. "Essa parceria com o IFPE começou, foi crescendo e gerou o projeto Reconstrução de Olhares, que já havia dado a oportunidade de esses meninos darem cores a novos espaços no campus. Agora, demos mais este passo, e eles puderam ajudar em uma ação que efetivamente mudou este ambiente para melhor", declarou.

*PROFISSIONALIZAÇÃO* - A parceria com o IFPE foi articulada pelo Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase e vem atendendo socioeducandos de unidades da instituição em Caruaru desde 2018. Além de Pintor de Obras e Pedreiro de Alvenaria, Eletricidade Veicular foi outro curso já ofertado para adolescentes do sistema socioeducativo. As ações, inclusive a requalificação do Lar da Criança, foram acompanhadas pela Vara Regional da Infância e Juventude sediada no município.

Na avaliação da diretora-geral do Campus Caruaru do IFPE, Elaine Rocha, a requalificação do Lar da Criança Nossa Senhora do Carmo com a ajuda dos socioeducandos, na condição de alunos extensionistas da instituição, mostra como a união de esforços pode gerar oportunidades para esse público. "Esse projeto é realmente uma reconstrução de olhares. A gente está trazendo para a sociedade um pouco do trabalho que podemos fazer juntos. Além dos socioeducandos, como extensionistas, tivemos alunos regulares do campus participando da ação. Ver tudo isso pronto é um retorno social muito importante", afirmou.

Nenhum comentário

Últimas Notícias
© Todos os Direitos Reservados