Acusados de tentarem matar PMs e jornalista foram julgados e condenados

Nesta quarta-feira sentaram no banco dos réus, Vitor Luiz Bezerra da Silva, vulgo “Branquinho”; Jefferson Santos da Silva, vulgo “Galeguinho ou Liliu”; Vagner Santos Figueiredo, vulgo “Negão” e José Ranieri de Oliveira Simão, num julgamento que teve início as 8 horas da manhã e só foi finalizado as 10 horas da noite. Todos foram condenados por tentativa de homicídio contra os 12 policiais civis envolvidos na operação, Vitor pegou 8 anos e dois meses de reclusão e mais um ano e meio de detenção, Jefferson foi condenado a 11 anos, três meses e 12 dias  de reclusão e ainda dois anos e 29 dias de detenção, Vagner e Raniere pegaram 14 anos e dois meses de reclusão e ainda seis anos e 15 meses de detenção.           .


Os marginais ainda serão julgados pela troca de tiros com os PMs, que balearam o jornalista Alexandre Farias e pelo atropelamento a vítima do acidente e dos socorristas do Samu. Como já estavam presos retornaram para os presídios de origem.


Do:Blog do Adielson Galvão.

Foto/reprodução internet.

 

Postar um comentário

0 Comentários