João Campos veta vacina prioritária para motoristas de Uber e Táxi

O prefeito do Recife, João Campos (PSB), vetou um projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal do Recife que inclui os motoristas de aplicativos como Uber e de Táxi no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.



O veto do prefeito João Campos faz com que o projeto de lei volte para a Câmara do Recife, que pode derrubar o veto através de uma nova votação, que seria definitiva, ou manter o veto. Para derrubar o veto, é necessário o voto da maioria absoluta dos vereadores.


João Campos alegou que o projeto seria uma interferência na Secretaria de Saúde do Recife e que não estaria de acordo com o Plano Nacional de Imunização.


Foto: Rodolfo Loepert/PCR

 

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.