Vereador Jorge Quintino volta a cobrar uma Cidade para Todos


 Em decorrência da Audiência Pública sobre Mobilidade Urbana ocorrida no mês passado (28), ocasião que reuniu representantes do Executivo, do Ministério Público e do movimento Pró-Cadeirante, o parlamentar Jorge Quintino volta a cobrar a construção de uma ´Cidade para Todos´.


 “Construir uma cidade mais inclusiva, com acessibilidade, é de extrema importância para nossa comunidade. Estamos iniciando um processo para diagnosticar e resgatar tudo que há de inadequado no espaço urbano, para elaborar um plano para todos, que permita o direito de ir e vir ao cadeirante, ao idoso e demais pessoas com dificuldade de locomoção. Não é fácil, mas precisamos começar”, disse o vereador.

 

Ainda de acordo com o edil, o direito à cidade está ligado à possibilidade que os diversos grupos sociais têm de deslocamento. 


“Os serviços públicos essenciais, como saúde e educação, bem como o lazer e a cultura, são direitos constitucionais. O acesso aos locais de trabalho, à escola, ao comércio, é uma necessidade fundamental de todos”, concluiu Jorge Quintino.


O líder do movimento Pró-Cadeirante Cícero Mendes, esteve hoje pela manhã no gabinete do vereador Jorge Quintino, para saber dos avanços ocorridos desde então. 


“Caruaru precisa melhorar e muito nas questões de Mobilidade Urbana, pois os cadeirantes e demais pessoas com dificuldade de locomoção ficam limitados do seu direito de ir e vir. Faltam rampas em pontos de ônibus no Centro, em lojas e em várias repartições públicas”, disse Cícero que também é cadeirante.


O vereador Jorge Quintino fez requerimentos para melhoria de acessibilidade em diversos pontos da cidade:


*REQ 1649/2021* - Requer a implementação de rampas de acesso para os cadeirantes nos pontos de ônibus localizados na Rua Dácio Espósito de Lima e praça José Martins, Bairro Nossa Sra. das Dores.


*REQ 804/2021* - Requer a Readequação das Rampas de Acessibilidade localizadas na Rua Quinze de Novembro, Bairro Nossa Senhora das Dores (Centro).

Postar um comentário

0 Comentários