Anderson Correia pede que Guarda Municipal fiscalize feiras de Caruaru contra tráfico de animais silvestres

Preocupado com as irregularidades que envolvem animais no munícipio, o vereador e Presidente da Comissão Permanente dos Direitos dos Animais, da Câmara Municipal de Caruaru, Anderson Correia (PP), protocolou um requerimento que pede para que a Guarda Municipal fiscalize e combata o tráfico de animais silvestres, em todas as feiras da Capital do Agreste.


Sempre com ideias fundamentadas em prol da garantia dos direitos e bem-estar dos animais não-humanos, o parlamentar cita na matéria a “Lei nº 5.197/67, de Proteção à Fauna, proibir a caça, perseguição, destruição, utilização ou o comércio de animais silvestres e impor uma pena de dois a cinco anos de prisão. É necessário utilizar a guarda municipal para coibir a criminalidade e o tráfico de animais silvestres no município”, afirma no texto.


“Nosso trabalho vai além de proporcionar e garantir a dignidade apenas para os pets, nossa luta também está relacionada aos animais silvestres e sabemos que existe muitos maus-tratos a estas espécies, na prática do tráfico destes animais, que movimenta um grande mercado negro em nossas feiras. Precisamos acabar com isso e, por isso, precisamos do trabalho da nossa Guarda Municipal, com o apoio das outras esferas da segurança pública. Inclusive, no mês de outubro, estaremos promovendo uma reunião com alguns órgãos de segurança do Estado, visando levantar ações voltadas para o combate ao tráfico de animais”, ressalta Anderson Correia.

 

Postar um comentário

0 Comentários