Dia Mundial da Obesidade: especialista explica as principais causas e cuidados

O dia 4 de março é marcado como o Dia Mundial da Obesidade, uma oportunidade para aumentar a conscientização sobre essa condição de saúde que impacta a vida de tantas pessoas. A obesidade é muito mais do que uma questão estética, é um problema complexo que afeta milhões de indivíduos em todo o mundo, com consequências sérias para a saúde física e mental. Neste dia, unimos esforços para destacar a importância da prevenção, do tratamento e do apoio àqueles que enfrentam essa condição desafiadora em busca de uma vida mais saudável.

Especialista no assunto, o nutricionista e preceptor de estágio do curso de Nutrição do UniFavip Wyden, Jean Lemos, fala sobre a doença. “Caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, obesidade é uma condição resultante de um desequilíbrio entre a ingestão e o gasto de energia. A fisiopatologia da obesidade envolve uma interação complexa de fatores genéticos, ambientais, comportamentais e metabólicos. O consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras e açúcares, aliado ao sedentarismo, contribui para o desenvolvimento dessa patologia”, explica.

O especialista também destaca que os riscos associados à obesidade são diversos e afetam diretamente a saúde geral do indivíduo. “Além do aumento do risco de desenvolvimento de doenças como diabetes tipo 2, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares, a obesidade também está relacionada a complicações articulares, distúrbios respiratórios e até mesmo alguns tipos de câncer. Esses problemas de saúde podem ter impactos significativos na qualidade de vida das pessoas afetadas”, ressalta Lemos, que também fala sobre o tratamento:

“O tratamento da obesidade requer uma abordagem multifacetada, que inclui mudanças na dieta, aumento da atividade física e modificação do estilo de vida. Uma dieta balanceada, com ênfase nos alimentos in natura e minimamente processados, como frutas, vegetais e grãos integrais, é fundamental. Além disso, a orientação de um nutricionista pode ajudar na elaboração de um plano alimentar adequado às necessidades individuais. A incorporação de hábitos saudáveis, como a prática regular de exercícios físicos e a redução do estresse, também desempenha um papel crucial na prevenção e no tratamento da obesidade”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com