Vereador Mano do Som e seu filho sofrem revés político em Recife

Foto:Reprodução.

Após anunciar sua decisão de não concorrer pela legenda que compõe a base do prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB), o vereador Mano do Som (UB) enfrentou um desafio inesperado. Seu filho, Gleidson Gomes, conhecido como Maninho, que ocupava o cargo de assessor técnico na Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, foi exonerado nesta segunda-feira (1º).

Apesar da medida, tanto pai quanto filho demonstraram tranquilidade diante da situação. Mano optou por se alinhar ao grupo liderado por Zé Queiroz e planeja se filiar ao PDT durante um evento programado para quinta-feira (4).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com